O recado está dado: a COVID-19 e suas repercussões para a comunicação em saúde nas instituições públicas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.17566/ciads.v11i2.923

Palavras-chave:

Comunicação em Saúde, COVID-19, Comunicação e Divulgação Científica, Mídias sociais, Assessoria de Comunicação Social

Resumo

Com a pandemia de COVID-19, questões sobre Comunicação em Saúde ganharam destaque no que diz respeito à relação, ainda distante, entre instituições de saúde e o cotidiano dos brasileiros. O Brasil precisa avançar na efetivação da comunicação como direito humano e na compreensão de que comunicar saúde não se resume à transmissão de informações. O engajamento social depende de uma relação de confiança, conquistada a partir da permanente escuta ao público, considerando suas necessidades, críticas e saberes, daí a importância de construir pontes entre as instituições de saúde e o dia a dia das pessoas. A divulgação científica, a ciência cidadã e o universo das fake news – e aquilo que as sustenta e lhes assegura visibilidade, as mídias sociais – são também problematizados neste ensaio. Destaca-se a necessidade de uso não ferramental da comunicação e, principalmente, de um diálogo direto, horizontal e construtivo com as pessoas, de modo que a ciência ocupe o lugar de influenciadora legítima não só entre os pares, mas junto à sociedade – beneficiária e financiadora maior de seu trabalho.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mariella Silva de Oliveira-Costa, Fundação Oswaldo Cruz Brasília

Doutora em Saúde Coletiva, Universidade de Brasília, Brasília, DF, Brasil; tecnologista em saúde pública, Assessoria de Comunicação, Fundação Oswaldo Cruz Brasília, Brasília, DF, Brasil. https://orcid.org/0000-0003-4853-3677. E-mail: mariella.costa@fiocruz.br

Maria Fernanda Marques Fernandes, Fundação Oswaldo Cruz Brasília

Doutora em Ciências, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, Brasil; tecnologista em saúde pública, Assessoria de Comunicação, Fundação Oswaldo Cruz Brasília, Brasília, DF, Brasil. https://orcid.org/0000-0002-4313-4602. E-mail: maria.fernandes@fiocruz.br

Wagner Vasconcelos, Fundação Oswaldo Cruz Brasília

Doutor em Ciências da Saúde, Universidade de Brasília, Brasília, DF, Brasil; tecnologista em saúde pública, Assessoria de Comunicação, Fundação Oswaldo Cruz Brasília, Brasília, DF, Brasil. https://orcid.org/0000-0002-2164-1339. E-mail: wagner.vasconcelos@fiocruz.br

Referências

Vasconcelos W. Observatório da Saúde no Legislativo: informação e comunicação a serviço da participação social em saúde [Dissertação na internet]. Brasília: Universidade de Brasília; 2009. [citado em 8 abr. 2022]. Disponível em: https://repositorio.unb.br/handle/10482/4263

Stevanim L, Murtinho R. Direito à Comunicação e Saúde. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz; 2021. 163 p. DOI: https://doi.org/10.7476/9786557081082

Oliveira W. Quando vírus, bactérias e mosquitos chegam ao noticiário. In: D’Avila C, Trigueiros U, organizadores. Comunicação, Mídia e Saúde: novos agentes, novas agendas. Rio de Janeiro: Luminatti Editora; 2017, p. 50-85.

Araújo CA. A pesquisa norte-americana. In: Hohlfeldt A, Martino LC, França VV, organizadores. Teorias da Comunicação: conceitos, escolas e tendências. 15ª ed. Petrópolis, Rio de Janeiro: Vozes; 2015. p. 39-60.

Sacramento I, Paiva R. Fake news, WhatsApp e a vacinação contra febre amarela no Brasil. Matrizes [Internet]. 2020 [citado em 8 abr. 2022];14(1):79-106. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/matrizes/article/view/160081 DOI: https://doi.org/10.11606/issn.1982-8160.v14i1p79-106

Chagas C, Massarani L. Manual de Sobrevivência para Divulgar Ciência e Saúde. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz; 2020. 152 p. DOI: https://doi.org/10.7476/9786557080870

Carvalho AS. Cientistas sob o microscópio da sociedade: desafios para a integridade da investigação. Cad. Ibero Am. Direito Sanit. [Internet]. 2021 [citado em 8 abr. 2022];10(3):39-4. Disponível em: https://www.cadernos.prodisa.fiocruz.br/index.php/cadernos/article/view/795

Coutant A. As fake news são sintomas de quê? In: Fundação Oswaldo Cruz, Gerência Regional de Brasília, editoras. Fake news e saúde [Internet]. Brasília: Fiocruz Brasília; 2020 [citado em 8 abr. 2022]. [p. 15-29]. Disponível em https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/42586

Mosquera M. Comunicación en salud: conceptos, teorías y experiencias. Comminit, La Iniciativa de Comunicación [Internet]. 2003 [citado em 8 abr. 2022];(52). Disponível em: https://www.comminit.com/la/drum_beat_52.html

Schiavo R. Health communication: from theory to practice. New Jersey, USA: John Wiley & Sons; 2013. 464 p.

Cetic.br (Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação). Resumo Executivo - Pesquisa sobre o uso das Tecnologias de Informação e Comunicação nos domicílios brasileiros - TIC Domicílios 2020 [Internet]. São Paulo: Cetic.br; 2021 [citado em 8 abr. 2022]. 8 p. Disponível em: https://www.cgi.br/media/docs/publicacoes/2/20211124201505/resumo_executivo_tic_domicilios_2020.pdf

Thackeray R, Neiger BL, Smith AK, Van Wagenen SB. Adoption and use of social media among public health departments. BMC Public Health [Internet]. 2012 [citado em 8 abr. 2022];12(242):1-6. Disponível em: https://rdcu.be/cKW2T DOI: https://doi.org/10.1186/1471-2458-12-242

Sendra-Toset A, Farré-Coma J. Instituciones de salud pública y las redes sociales: una revisión sistemática. Rev Esp Comun Salud [Internet]. 2016 [citado em 8 abr. 2022]; 7(2):285-299. Disponível em: https://e-revistas.uc3m.es/index.php/RECS/article/view/3452/2087 DOI: https://doi.org/10.20318/recs.2016.3452

Araújo IS, Cardoso JM. Comunicação e Saúde. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz; 2007. 152p.

Ecsa (European Citizen Science Association). Dez princípios da ciência cidadã [Internet]. Berlim: ECSA; 2015 [citado 8 abr. 2022]. 1p. Disponível em: https://ecsa.citizen-science.net/wp-content/uploads/2021/05/ECSA_Ten_principles_of_CS_Portuguese.pdf

Downloads

Publicado

30-06-2022

Como Citar

1.
Oliveira-Costa MS de, Fernandes MFM, Vasconcelos W. O recado está dado: a COVID-19 e suas repercussões para a comunicação em saúde nas instituições públicas. Cad. Ibero Am. Direito Sanit. [Internet]. 30º de junho de 2022 [citado 4º de outubro de 2022];11(2):175-82. Disponível em: https://www.cadernos.prodisa.fiocruz.br/index.php/cadernos/article/view/923

Edição

Seção

COMUNICAÇÃO BREVE