Projetos de lei de enfrentamento à COVID-19 e sua relação com as competências da Agência Nacional de Vigilância Sanitária

Autores

DOI:

https://doi.org/10.17566/ciads.v12i2.1016

Palavras-chave:

Direito Sanitário, Vigilância Sanitária, Legislação

Resumo

Objetivo: analisar se os projetos de lei relacionados às medidas de enfrentamento à COVID-19 apresentados na Câmara dos Deputados, entre 2020 e 2021, guardavam correlação com as competências atribuídas à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) pela Lei nº 9.782 de 1999. Metodologia: coletou-se os dados disponíveis no portal eletrônico da Câmara dos Deputados, utilizando-se os descritores Anvisa e COVID-19 e Anvisa, nos anos de 2020 e 2021, sendo analisados, portanto, 42 projetos de lei que foram divididos em seis grupos. Resultados: verificou-se que os projetos de lei analisados guardavam correlação com as competências da Anvisa e que os temas mais recorrentes foram distribuição, aquisição e/ou importação e registro de produtos sujeitos à vigilância sanitária, portos aeroportos e fronteiras e serviços sujeitos à vigilância sanitária. Conclusão: a Câmara dos Deputados, por meio de seus parlamentares, propôs projetos de lei de interesse nacional relacionados à pandemia. No entanto, nota-se que alguns desses projetos já haviam sido regulados pela Anvisa, por meio de seu poder regulador. É possível aferir ainda que há uma tendência dos parlamentares de atuarem em resposta a problemas que estão em alta nos veículos de imprensa e, na tentativa de garantir celeridade a aquisição dos insumos de combate à COVID-19 no contexto da pandemia, os projetos de lei propostos pelos parlamentares reduziram o papel da Anvisa.

Submissão: 11/04/23 | Aprovação: 30/04/23

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Joyce Carla Oliveira, Fundação Oswaldo Cruz Brasília

    Especialista em Direito Sanitário, Fundação Oswaldo Cruz Brasília, DF, Brasil. E-mail: joyceoliveira113@gmail.com

  • Ivan Pricken de Bem, Universidade de Brasília

    Doutorando em Saúde Coletiva, Universidade de Brasília, Brasília, DF, Brasil; Mestre em Políticas Públicas em Saúde; Escola Fiocruz de Governo, Fundação Oswaldo Cruz Brasília, Brasília, DF, Brasil. E-mail: ivanprk@gmail.com

Referências

Moraes RF. O uso de evidências científicas no enfrentamento à Pandemia de COVID-19 no Brasil: uma comparação das políticas dos governos estaduais. In: Koga NM, Palotti PLM, Mello J, Pinheiro MMS, editores. Políticas Públicas e Usos de Evidências no Brasil: Conceitos, Métodos, Contextos e Práticas [internet]. Brasília: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea); [citado em 01 out. 2022]. [p. 859-886]. Disponível em: https://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/11395#:~:text=O%20texto%20compara%2C%20em%20particular,anteriormente%20em%20Palotti%20et%20al

Brasil. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília: Presidência da República; 2016 [citado em 06 set. 2022]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm

Brasil. Lei nº 9.782, de 26 de Janeiro de 1999. Define o Sistema Nacional de Vigilância Sanitária, cria a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, e dá outras providências. Brasília; 26 de janeiro de 1999. [citado em 02 set. 2022]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9782.htm

Salinas NSC, Sampaio PRP, Parente ATM. A produção normativa das agências reguladoras, limites para eventual controle da atuação regulatória da Anvisa e resposta à Covid-19. Revista de Informação Legislativa [Internet]. 2021 [citado em 02 set. 2022]; 58(230):55-83. Disponível em: https://www12.senado.leg.br/ril/edicoes/58/230/ril_v58_n230_p55

Ouverney ALM, Fernandes FMB. Legislativo e Executivo na pandemia de Covid-19: a emergência de uma conjuntura crítica federativa? Revista Saúde e Debate [Internet]. 2021 [citado em 02 set. 2022]; 46(1): 33-47. Disponível em: https://www.scielo.br/j/sdeb/a/KMLZC5Pg3kD6GnNX7SYGrMS/ doi https://doi.org/10.1590/0103-11042022e102

Bem IP, Delduque MC. Análise da Produção Legislativa em Saúde na 54ª e 55ª Legislaturas do Congresso Nacional do Brasil: o que os parlamentares produzem em saúde? Revista de Saúde Coletiva [Internet]. 2018 [citado em 02 set. 2022]; 28(4). Disponível em: https://www.scielo.br/j/physis/a/xqCYJCGx39G4JfLVD9PyFJc/?lang=pt# doi https://doi.org/10.1590/s0103-73312018280408

Romero LCP, Delduque MC. O Congresso Nacional e as emergências de saúde pública. Revista Saúde e Sociedade [Internet]. 2017 [citado em 19 dez. 2022]; 8(1):240-255. Disponível em: https://www.scielo.br/j/sausoc/a/bPpPF7TWbNh6YQxXqTbSfVP/abstract/?lang=pt doi https://doi.org/10.1590/s0104-12902017156433

Sabbatini R, Fonseca CVC. Covid-19 e o Complexo Econômico-Industrial da Saúde: fragilidades estruturais e possibilidades de enfrentamento da crise sanitária. Revista Cadernos de Desenvolvimento [Internet]. 2021 [citado em 19 dez. 2022]; 16(28):115-127. Disponível em: http://www.cadernosdodesenvolvimento.org.br/ojs-2.4.8/index.php/cdes/article/view/553

Câmara dos Deputados. Projeto de Lei nº 5655 de 22 de dezembro de 2020. Altera a Lei nº 6.360, de 23 de setembro de 1976, para prever a aprovação e o registro automáticos no Brasil de medicamentos que tenham sido aprovados por agência de farmacovigilância estrangeira que tenha notório reconhecimento mundial. Brasília; 12 dez. 2020 [citado em 21 out. 2022]. Disponível em: https://www.camara.leg.br/proposicoesWeb/prop_mostrarintegra?codteor=1956496&filename=PL+5655/2020

Câmara dos Deputados. Projeto de Lei nº 5161 de 13 de novembro de 2020. Altera a Lei nº 9.986, de 18 de julho de 2000, para dispor sobre a destituição de membro do Conselho Diretor ou de Diretoria Colegiada da Agências Reguladoras, e dá outras providências. Brasília; 13 nov. 2020 [citado em 21 out. 2022]. Disponível em: https://www.camara.leg.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=2265188

Pacheco MB. Autonomia das agências reguladoras: uma avaliação para o Brasil entre 1997-2020 [Dissertação na internet]. Brasília, Brasil: Universidade de Brasília; 2021 [citado em 21 out. 2022]. Disponível em: https://repositorio.unb.br/handle/10482/42404

Câmara dos Deputados. Resolução nº 17, de 1989. Aprova o regimento interno da Câmara dos Deputados. Brasília; 21 de setembro de 1989 [citado em 21 out. 2022]. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/atividade-legislativa/legislacao/regimento-interno-da-camara-dos-deputados

Câmara dos Deputados. Projeto de Lei nº 864 de 23 de março de 2020. Altera a Lei nº 6.360, de 23 de setembro de 1976, para que aconteça a liberação imediata do uso de materiais, medicamentos, equipamentos e insumos da área da saúde para auxiliar no combate à pandemia do Covid-19. Brasília; 23 de mar. 2020 [citado em 21 out. 2022]. Disponível em: https://www.camara.leg.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=2241779

Brasil. Lei nº 14.006 de 28 de maio de 2020. Altera a Lei nº 13.979, de 6 de fevereiro de 2020, para estabelecer o prazo de 72 (setenta e duas) horas para que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorize a importação e distribuição de quaisquer materiais, medicamentos, equipamentos e insumos da área de saúde registrados por autoridade sanitária estrangeira e autorizados à distribuição comercial em seus respectivos países; e dá outras providências. Brasília; 28 mai. 2020. [citado em 21 out. 2022]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2019-2022/2020/lei/l14006.htm

Câmara dos Deputados. Projeto de Lei nº 2294 de 29 de abril de 2020. Dispõe sobre o regime extraordinário e temporário de autorização de regras e normas técnicas e operacionais simplificadas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para autorizar a fabricação e a comercialização de equipamentos ventiladores pulmonares e equipamentos de suporte respiratório emergencial durante o período de pandemia da Covid-19; estabelece procedimento simplificado de certificação pela Anvisa; e dá outras providências. Brasília; 29 de abr. 2020 [citado em 21 out. 2022]. Disponível em: https://www.camara.leg.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=2250883

Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Resolução da Diretoria Colegiada nº 185 de 22 de outubro de 2001. Aprova o regulamento técnico que consta no anexo desta resolução, que trata do registro, alteração, revalidação e cancelamento do registro de produtos médicos na Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Brasília; 22 out. 2001 [citado em 19 dez. 2022]. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/anvisa/2001/rdc0185_22_10_2001.pdf

Câmara dos Deputados. Projeto de Lei nº 4710 de 29 de setembro de 2020. Autoriza o Brasil a importar medicamentos, insumos, e demais itens relacionados à área da saúde por meio da Organização Pan-Americana de Saúde - OPAS, e dá outras providências. Brasília; 29 set. 2020 [citado em 21 out. 2022]. Disponível em: https://www.camara.leg.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=2263290

Brasil. Lei nº 14.125, de 10 de março de 2021. Dispõe sobre a responsabilidade civil relativa a eventos adversos pós vacinação contra a Covid 19 e sobre a aquisição e distribuição de vacinas por pessoas jurídicas de direito privado. Brasília; 10 mar. 2021 [citado em 02 set. 2022]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2019-2022/2021/lei/l14125.htm

Câmara dos Deputados. Projeto de Lei nº 948 de 17 de março de 2021. Altera a redação do art. 2º da Lei nº 14.125, de 10 de março de 2021, que dispõe sobre a aquisição e distribuição de vacinas por pessoas jurídicas de direito privado. Brasília; 17 mar. 2021 [citado em 21 out. 2022]. Disponível em: https://www.camara.leg.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=2274204

Câmara dos Deputados. Projeto de Lei nº 3065 de 02 de junho de 2020. Institui o Programa Emergencial de Apoio ao Grupo de Risco durante o estado de calamidade pública decorrente do coronavírus (Covid-19) para os fins que especifica, e dá outras providências. Brasília; 02 jun. 2020 [citado em 21 out. 2022]. Disponível em: https://www.camara.leg.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=2254296

Câmara dos Deputados. Projeto de Lei nº 2437 de 06 de maio de 2020 Altera a Lei n° 13.979, de 6 de fevereiro de 2020, para dispor sobre a realização de testes rápidos de diagnóstico para Covid-19 por meio da tecnologia de imunocromatografia, bem como sobre a prestação de serviços de vacinação humana em estabelecimentos farmacêuticos. Brasília; 06 maio 2020 [citado em 21 out. 2022]. Disponível em: https://www.camara.leg.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=2251868

Downloads

Publicado

06-06-2023

Edição

Seção

ARTIGOS

Como Citar

1.
Projetos de lei de enfrentamento à COVID-19 e sua relação com as competências da Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Cad. Ibero Am. Direito Sanit. [Internet]. 6º de junho de 2023 [citado 14º de abril de 2024];12(2):13-24. Disponível em: https://www.cadernos.prodisa.fiocruz.br/index.php/cadernos/article/view/1016