O modelo industrial de produção de alimentos sob a perspectiva da sociedade de risco e do princípio da precaução

Autores

  • Juliana Lima de Azevedo Juíza de direito vinculada ao Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul. Mestranda do PPGD da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

DOI:

https://doi.org/10.17566/ciads.v7i1.427

Palavras-chave:

Produção de alimentos, Segurança Alimentar e Nutricional, Agroindústria

Resumo

Objetivo: Este artigo analisa as relações entre o modelo de produção industrial de alimentos e a existência, na atualidade, de um grande número de pessoas famintas. Metodologia: Foi usado o método dedutivo, amparado em revisão bibliográfica. Resultados: O modelo de agricultura consistente na utilização de enormes áreas de terra para a plantação de poucos produtos, em sua maioria direcionada ao mercado externo, traz consigo a lógica industrial; é agressivo à natureza e altamente dependente da técnica e da ciência. Este modelo não demonstrou melhorias no sentido de aplacar a fome mundial, uma vez que não produz alimentos, mas sim commodities, de modo que é impositivo verificar se é adequado à sociedade de risco e ao princípio da precaução. A sociedade de risco implica reconhecer a existência de uma série de riscos, que devem ser considerados nas decisões políticas e jurídicas, de modo que o Poder Público aja previamente à ocorrência dos possíveis perigos. Do mesmo modo atua o princípio da precaução, segundo o qual a dúvida sempre vem em benefício do meio ambiente. Conclusão: O uso da natureza não deve conduzir ao esgotamento dos recursos, a situações de risco à segurança alimentar ou à distribuição desigual de alimentos, mas sim à adoção de modelos de produção que coexistam com os ecossistemas e cuja finalidade seja, efetivamente, prover alimentos aos seres vivos.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

02-04-2018

Como Citar

1.
Azevedo JL de. O modelo industrial de produção de alimentos sob a perspectiva da sociedade de risco e do princípio da precaução. Cad. Ibero Am. Direito Sanit. [Internet]. 2º de abril de 2018 [citado 31º de janeiro de 2023];7(1):43-62. Disponível em: https://www.cadernos.prodisa.fiocruz.br/index.php/cadernos/article/view/427

Edição

Seção

ARTIGOS