Participação popular em saúde: um estudo sobre o conselho regional de saúde de Ceilândia, Distrito Federal-Brasil

Autores

  • Andrecinda Rocha de Morais Pina Secretaria de Saúde do Distrito Federal Autor

DOI:

https://doi.org/10.17566/ciads.v5i1.283

Palavras-chave:

Participação popular. Conselho de saúde. Controle social. Gestão participativa. Democracia.

Resumo

Introdução: a questão da participação popular para o exercício do controle social do Sistema Único de Saúde é importante para o debate da política de saúde no Brasil e, conforme estabelecido na Lei Orgânica da Saúde de 1990. Essa participação deve ser realizada por meio dos conselhos e conferências de saúde. Este artigo discute a participação popular em saúde no Conselho Regional de Saúde de Ceilândia, Distrito Federal, em torno do exercício do controle social exercido pelos conselheiros. Teve por objetivo geral entender como se dá a participação social no Conselho Regional de Saúde de Ceilândia na gestão 2010-2011. Metodologia: utilizou-se uma abordagem metodológica qualiquantitativa, com procedimento de análise documental. Resultados: a maioria dos assuntos pautados foi proposta pelo segmento gestor. Os itens em discussão revelaram que os interesses dos usuários e trabalhadores permearam com mais frequência os debates. Conclusão: concluiu que o Conselho Regional de Saúde de Ceilândia é um fórum político legítimo e atuante, com atuação decisiva nas deliberações das ações e serviços de saúde a nível local

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Downloads

Publicado

29-03-2016

Edição

Seção

ARTIGOS

Como Citar

1.
Participação popular em saúde: um estudo sobre o conselho regional de saúde de Ceilândia, Distrito Federal-Brasil. Cad. Ibero Am. Direito Sanit. [Internet]. 29º de março de 2016 [citado 14º de junho de 2024];5(1):234-5. Disponível em: https://www.cadernos.prodisa.fiocruz.br/index.php/cadernos/article/view/283