A importância do Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (PGIRS) para o pagamento de passivos ambientais: o caso da saúde dos catadores do Lixão do Jóquei Clube, no Distrito Federal, Brasil

Autores

  • Maria do Carmo Batista de Castro e Silva

DOI:

https://doi.org/10.17566/ciads.v7i1.472

Resumo

RESUMO. Objetivo: Discutir a importância do PGIRS para o pagamento de passivos ambientais de lixões e aterros relacionados com danos à saúde dos catadores de material reciclável expostos à patógenos, gases, pragas, acidentes, insolação etc. durante a operação da atividade. Metodologia: Foi escolhida a abordagem qualitativa e o método hipotético-dedutivo. Foi realizado um levantamento de dados provenientes de revisão bibliográfica. Utilizou-se o método de estudo de caso do Aterro do Jóquei Clube da Estrutural, em desativação. Resultados: A questão dos riscos e danos à saúde de catadores de material reciclável associados às más condições de lixões e aterros, mesmo os sanitários, é relevante no Distrito Federal e suas consequências podem ser sentidas no aumento de demandas ao sistema público de saúde. Conclusão: Indica-se a necessidade do fortalecimento do PGIRS, como instrumento de Gestão Ambiental de Resíduos Sólidos.

 

Palavras-chave: Passivos Ambientais. Lixões e Aterros. Danos à Saúde dos Catadores.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

02-04-2018

Como Citar

1.
Batista de Castro e Silva M do C. A importância do Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (PGIRS) para o pagamento de passivos ambientais: o caso da saúde dos catadores do Lixão do Jóquei Clube, no Distrito Federal, Brasil. Cad. Ibero Am. Direito Sanit. [Internet]. 2º de abril de 2018 [citado 30º de novembro de 2022];7(1):250-62. Disponível em: https://www.cadernos.prodisa.fiocruz.br/index.php/cadernos/article/view/472

Edição

Seção

ARTIGOS