Ação pública e as relações de poder na assistência farmacêutica: uma breve análise

Autores

  • Tatiana Sanjuan Ganem Waetge Fundação Oswaldo Cruz Autor

Palavras-chave:

Ação Pública, Poder, Assistência Farmacêutica, Rede de Saúde

Resumo

O presente trabalho objetivou realizar uma breve análise da rede de atores e correlações das forças de poder constituintes na política da assistência farmacêutica. A metodologia se deu a partir da teoria da ação pública, na qual, as políticas são constituídas através da construção dinâmica da interação de diversos atores sociais, públicos ou privados. Para a análise da correlação de forças, partiu-se da definição do verbete Poder, que em relação ao estudo da política é o que uma pessoa ou grupo tem ou exerce sobre outra pessoa ou grupo, e como fenômeno social, o Poder é uma relação entre os homens. Desse modo, foi realizado o mapeamento dos grupos de atores que integram a rede da Assistência Farmacêutica, e as relações de influências exercidos por cada um dos grupos. Foram identificados 5 principais grupos que atuam mais diretamente na referida política: médicos, gestores\governo, população\associação de pacientes, indústria farmacêutica e academia\pesquisadores. De forma geral, cada grupo tende a exercer poder nos seus interesses individuais. Estes podem ser confluentes com a de outros grupos, porém tendem a ser conflitantes na perspectiva de exercer maior influência na objetivação de seus interesses na política. A análise da rede no campo da saúde configura como extrema importância para o desenvolvimento e implementação de políticas públicas, uma vez que torna possível a identificação e correlação de forças que podem interferir na efetividade da mesma.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Tatiana Sanjuan Ganem Waetge, Fundação Oswaldo Cruz

    Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, RJ, Brasil.E-mail: tatiana.sanjuan@bio.fiocruz.br ou tatianaganem@gmail.com

Downloads

Publicado

29-12-2017

Edição

Seção

ANAIS

Como Citar

1.
Ação pública e as relações de poder na assistência farmacêutica: uma breve análise. Cad. Ibero Am. Direito Sanit. [Internet]. 29º de dezembro de 2017 [citado 27º de maio de 2024];6:592-9. Disponível em: https://www.cadernos.prodisa.fiocruz.br/index.php/cadernos/article/view/1123