[1]
A. L. B. de Carvalho, “Determinantes da judicialização da saúde: uma análise bibliográfica”, Cad. Ibero Am. Direito Sanit., vol. 9, nº 4, p. 117–134, dez. 2020.