[1]
M. R. Alves, “A caracterização do risco sanitário nos processos administrativos da vigilância sanitária”, Cad. Ibero Am. Direito Sanit., vol. 1, nº 2, p. 87–103, dez. 2012.