[1]
G. L. Moreira Antonio, “Planos privados individuais de saúde: o consumidor ainda tem poder de escolha?”, Cad. Ibero Am. Direito Sanit., vol. 7, nº 1, p. 163–182, abr. 2018.