[1]
A. Madureira, E. M. Barbosa Ramos, e J. Prazeres de Sena, “Inovação em saúde no Brasil: o caso das doenças negligenciadas”, Cad. Ibero Am. Direito Sanit., vol. 2, nº 2, p. 658–667, dez. 2013.