[1]
L. T. Schuh Pauli, “A integralidade das ações em saúde e a intersetorialidade municipal”, Cad. Ibero Am. Direito Sanit., vol. 2, nº 2, p. 578–594, dez. 2013.